Xbox Series X|S chegam oficialmente ao Brasil; confira tudo o que precisa saber!

Nova geração de Xbox conta com dois modelos e várias novidades para o Xbox Game Pass

É oficial: a nova geração de Xbox chegou ao Brasil.

Nesta terça (10), a Microsoft lançou oficialmente os consoles Xbox Series X|S, nova geração de plataformas que prometem trazer novas e melhores formas de jogar seus games.

Com a chegada da nova geração, é provável que muitos ainda tenham perguntas sobre o que há de novo nestes consoles, suas diferenças, jogos, e o que tem mais a oferecer.

Por isso, tire suas dúvidas e confira mais sobre os novos Xbox abaixo!

O que é o Xbox Series X? E o Xbox Series S?

 

 

 

 

 

 

 

O Xbox Series X é o modelo peso pesado da geração, prometendo uma experiência em 4K nativo a 60 fps com gráficos melhores e mais poderosos. O console também conta com um leitor de disco Blu-ray 4K UHD.

Já o Xbox Series S, revelado em setembro após um vazamento, é a versão mais econômica para o público geral, sendo mais barato, mas com componentes menos poderosos do que o Series X – sendo incapaz de rodar jogos em 4K, por exemplo. Além disso, o console é 60% menor do que sua contraparte premium, sua capacidade de armazenamento é menor, e ele não conta com um drive de disco

Quais os componentes de cada console?

Xbox Series X

  • Processador: AMD Zen 2 8 nucleos a 3.8 Ghz (3.6 GHz com SMT ativado)
  • Placa gráfica: 12.15 TFLOPs, 52 CUs (unidades de computação) em 1.825 GHz
  • Arquitetura da GPU: Custom RDNA 2
  • RAM: 16 GB DDR6
  • Armazenamento: 1 GB SSD SSD NVMe PCIe de 4ª geração (velocidades de 2.4 GB/s sem compressão e 4.8 GB/s com compressão)
  • Armazenamento expansível: 1 TB

Xbox Series S

  • Processador: AMD Zen 2 8 nucleos a 3.6 GHz (3.4 GHz com SMT ativado)
  • Placa gráfica: 4 TFLOPS, 20 CUs (unidades de computação) em 1.565 GHz
  • Arquitetura da GPU: Custom RDNA 2
  • RAM: 10GB GDDR6
  • Armazenamento: 512GB SSD NVMe PCIe de 4ª geração (velocidades de 2.4 GB/s sem compressão e 4.8 GB/s com compressão)
  • Armazenamento expansível: 1 TB

O que há de novo no Xbox Series X|S?

Como esperado, a nova geração de consoles Xbox promete trazer uma enxurrada de novas tecnologias para melhorar a experiência dos jogadores, baseadas na arquitetura Xbox Velocity.

No centro disso está o SSD, que foi projetado para “desempenho consistente e sustentável” e que promete virtualmente eliminar as telas de carregamento de jogos. O console também embarca um novo algoritmo proprietário de compactação que economiza espaço sem comprometer a qualidade de texturas dos jogos.

O Xbox Series X e Series S também tem o Quick Resume, que promete alternância mais rápida entre múltiplos jogos, assim como a capacidade de manter mais de um título em “suspensão” ao mesmo tempo – permitindo que o jogador troque de jogo sem perder o progresso do anterior de forma ágil.

Os consoles da Microsoft também apostam no ray tracing acelerado por hardware para criar iluminações mais realistas em jogos, e têm suporte à tecnologia de áudio Dolby Atmos para maior imersão sonora.

E o controle?

Ao contrário do DualSense do PlayStation 5, o controle do Xbox Series X|S não promete um salto de melhorias e novidades técnicas em relação à versão do Xbox One, mas ainda assim conta com alguns avanços, em especial com base no Elite da última geração.

As principais diferenças são a inclusão do botão Share e rugosidades nos gatilhos e alavancas analógicas, para impedi-lo de escorregar na sua mão.

Além disso, todas as versões do controle do Xbox One são compatíveis com os novos consoles.

Armazenamento extra

O Xbox Series X e o Xbox Series S contam com um SSD próprio, com armazenamento de 1 TB para o X e 512 GB para o S.

É possível aumentar este armazenamento com um HD externo, mas para ter a mesma velocidade ultrarrápida será preciso desembolsar uma grana significativa para uma expansão proprietária da Microsoft.

Nos EUA, este acessório está à venda por US$ 229 (próximo ao preço do Xbox Series S por lá), e rumores indicam que o valor no Brasil poderá superar os R$ 2 mil.

fonte:https://www.theenemy.com.br/