Tecnologia e parceiros serão prioridade após pandemia

Uma pesquisa feita pela KPMG mostra que muitos diretores-executivos pretendem acelerar a transformação digital e rever o relacionamento com a cadeia global de fornecedores por conta da crise da covid-19, diante das transformações que a pandemia provocou na vida das pessoas e nas atividades das empresas.

Feito anualmente com representantes de mais de 60 países, o levantamento deste ano, obtido pelo Valor, ganhou um capítulo dedicado aos efeitos provocados pela covid-19 nos negócios. Para esse capítulo específico foram entrevistados 315 executivos de todo o mundo. A maioria dos ouvidos no Brasil (60%) dirige empresas cuja receita ficou entre US$ 1 bilhão e US$ 9,9 bilhões no ano passado e tem ações listadas na B3.Indagados sobre os principais objetivos estratégicos para lidar com a crise e preparar a empresa para o pós-pandemia, 53% dos executivos brasileiros informaram que vão priorizar investimentos em novas tecnologias e na digitalização de processos, enquanto 47% irão se concentrar na capacitação de seus colaboradores.

fonte: https://valorinveste.globo.com/

Air Phone X, o melhor custo beneficio, fones potentes e durabilidade da carga.