PCDF prende estelionatário amoroso que fez diversas vítimas no Entorno

Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, após seis meses de investigação, um homem acusado de cometer diversos golpes, entre eles o de estelionato sentimental. Mesmo sem formação em direito, o suspeito se passava por advogado e enganava as mulheres as quais se envolvia, bem como toda a família das vítimas.

Nas redes sociais, diversas pessoas relataram ter sido vítimas do falso advogado. Todas as vítimas moravam em Planaltina de Goiás, cidade onde o suspeito acabou preso.

Em março de 2021, os investigadores tomaram conhecimento de uma mulher que teria sido enganada pelo acusado. Ele namorou a mulher, frequentou festas familiares, círculos de amizades e foi a diversos eventos sociais. Em várias ocasiões, dizia que se casaria com vítima. Porém, em determinado momento, subtraiu R$ 16 mil da família e desapareceu, sem deixar vestígios.

O homem foi identificado pela PCDF como sendo um homem perigoso, envolvido em crimes de extorsão desde 2008, envolvendo-se inclusive em um caso de sequestro. Antes de ser preso, o suspeito convencia as vítimas a pegar empréstimos bancários para ele, mas nunca pagava a dívida.

Nos casos de extorsão, ele ameaçava as vítimas, dizendo que divulgaria vídeos íntimos delas. Já havia contra ele um mandado de prisão em aberto, expedido pela Justiça de Goiás.

 

No momento da prisão, o envolvido, segundo os investigadores, foi bastante irônico, ao dizer: “Não me dão oportunidade, então, eu ganho muito, muito dinheiro com estelionato”, disse.