Na Inglaterra, enfermeira macabra é presa, acusada de assassinar oito bebês

Uma enfermeira que foi acusada de assassinar oito bebês e tentar matar outros dez foi presa pela terceira vez nesta semana. Os crimes de Lucy Letby, de 30 anos, foram descobertos durante uma investigação sobre uma série de mortes infantis na unidade neonatal do Hospital Condessa de Chester, na Inglaterra.

De acordo com o The Mirror, as investigações sobre as várias mortes infantis no hospital iniciaram em maio de 2017. Inicialmente, foram analisados o falecimento de 15 bebês entre junho de 2015 e junho de 2016. Mais tarde, a investigação foi ampliada morte de 17 bebês e 16 colapsos não fatais.

A enfermeira chegou a ser presa em 2018 e 2019, mas acabou conseguindo o direito de permanecer em liberdade até que na última terça-feira (10) foi detida novamente. Ela enfrenta oito acusações de homicídio, pelo assassinato de cinco meninos e três meninas, e dez de tentativa de homicídio ocorridos entre junho de 2015 a junho de 2016.

“Ela também foi presa em conexão com a tentativa de assassinato de três bebês adicionais”, explica o  detetive inspetor-chefe Paul Hughes, que está chefiando a investigação