Maior navio do mundo zarpa pela primeira vez na Flórida

Cinco vezes mais pesado do que o Titanic, a embarcação tem 19 piscinas e área verde com 20 mil plantas e árvores

Com 362 metros de comprimento, cinco vezes mais pesado que o Titanic e contendo 19 piscinas, 20 restaurantes, 11 bares, uma pista de gelo, um cassino e uma área verde com 20 mil plantas e árvores: esse é um pequeno resumo do que o maior navio de cruzeiro do mundo, o Wonder os the Seas (Maravilha dos Mares), oferece para a tripulação. 

Divulgação / Reprodução

A embarcação zarpou pela primeira vez nesta sexta-feira (4), em uma viagem de sete dias de Fort Lauderdale, na Flórida, nos Estados Unidos, até o Caribe

— O Wonder of the Seas vai energizar os cruzeiros de uma maneira mais ousada e maior. Adicionar este navio à nossa frota já é a melhor da categoria eleva a empresa a continuar a liderar o setor com novos recursos e inovação. Esta é mais uma forma de proporcionar férias memoráveis ​​e de classe mundial, com responsabilidade, aos hóspedes de todo o mundo — afirmou Jason Liberty, presidente e CEO do Royal Caribbean Group, ao jornal Daily Mail.

Com capacidade para transportar 6,9 mil passageiros e 2,3 mil tripulantes, o transatlântico levou três anos para ser construído em Saint-Nazaire, na França, e teve um custo equivalente a R$ 6,7 bilhões. O preço dos pacotes vão de R$ 3,8 mil até R$ 12 mil por itinerário para cada hóspede.

Segundo a companhia responsável pelo cruzeiro, a estreia estava originalmente planejada para ser realizada na China em 2021, mas acabou sendo adiada devido à pandemia. O navio já tem previsão de realizar um novo passeio no verão do hemisfério Norte, pelo litoral europeu.