Homem é preso após fazer refém no Aeroporto de Guarulhos

 Um homem foi preso na noite deste domingo (11) após fazer refém uma funcionária da empresa aérea Gol no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, em São Paulo. O episódio foi registrado no Terminal 2. As informações são do portal G1.

De acordo com a publicação, a Polícia Federal (PF) atendeu a ocorrência e informou que o homem usou um lápis para ameaçar a funcionária da companhia aérea. Em vídeos divulgados nas redes sociais, ele aparece ameaçando a funcionária e falando frases sobre policiais, corrupção e cartas marcadas.

 “Eles fazem a cagada, fazem a corrupção e suicidam o policial bom”, disse.

A refém foi liberada sem ferimentos, após negociação com os agentes. Por meio de nota, a Gol informa que está dando todo o suporte necessário à colaboradora.

Não há informações sobre o que teria motivado a ação do autor do episódio. Segundo informou a PF o homem, que integra a polícia do Paraná, teria tido um surto.

Conforme a concessionária que administra o aeroporto, a GRU Airport, o homem foi encaminhado para delegacia e as causas da ocorrência estão sendo apuradas pelas autoridades competentes.

O incidente não impactou as atividades e as operações do aeroporto.