Distrito Federal tem dia mais quente para o mês de setembro em 60 anos

Temperatura chegou a 37,1°C nesta terça-feira (21/9), na estação meteorológica de Águas Emendadas, em Planaltina. O resultado é o maior da série histórica para setembro desde 1961

Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou a maior temperatura para o mês de setembro no Distrito Federal desde o início da série histórica, em 1961. Nesta terça-feira (21/9), os termômetros da capital do país marcaram 37,1°C na estação meteorológica de Águas Emendadas, em Planaltina. O indicador também é o mais alto do ano até agora.

Até então, o dia mais quente de 2021 havia sido registrado em 6 de setembro e na segunda-feira (20/9), quando a temperatura máxima chegou a 35,9°C, na mesma estação meteorológica. “37,1°C é a mais alta registrada neste mês na série histórica. A maior para o período havia sido, até então, de 36,2°C, em 2019. O Inmet faz os registros por estações convencionais desde 12 de setembro de 1961. Em 2000, chegaram as estações automáticas”, explica a meteorologista Naiane Araújo.

A temperatura mais alta deste ano superou, ainda, os dias mais quentes de 2018 e de 2019. Mas, em 2020, o recorde foi de 37,8°C — também em Águas Emendadas. Nesta terça-feira (21/9), a secura persistiu, e a umidade relativa do ar chegou a 12% nas estações de Águas Emendadas e do Gama.