Avião da Azul decola do Santos Dumont e áudio capta ‘MayDay’ declarado em seguida

O caso ocorreu no voo AD4800 do Santos Dumont para Brasília, operado pelo Airbus A320neo de matrícula PR-YRY. O jato decolou normalmente do aeroporto carioca, mas logo após, sofreu um estol de motor.

O estol de motor, também conhecido como estol de compressor, ocorre quando há uma interrupção ou mudança abrupta do fluxo de ar dentro do motor, podendo causar um apagamento (desligamento) do motor.

Este evento pode ser causado por vários motivos, como ingestão de objetos como pássaros, problemas nas palhetas do compressor, defeito no controle eletrônico do motor, entre outros.

No áudio abaixo, é possível ouvir o piloto chamando o controle de tráfego aéreo e declarando MayDay, que é o código internacional para emergência. O piloto informa que teve estol de motor e solicita pouso no Aeroporto Internacional do Galeão, que tem uma pista maior.

O controlador orienta o piloto a seguir no rumo 330º e manter 5.000 pés (1,5km) de altitude. A aeronave acaba fazendo três órbitas (curvas em círculos iguais), provavelmente para execução de check-list relacionado ao problema e também queima de combustível para poder entrar no peso máximo de pouso.

Trajetória do voo por RadarBox

O jato pousa finalmente no Aeroporto do Galeão em segurança, 50 minutos depois de ter decolado do Santos Dumont. Entramos em contato com a Azul para entender melhor o caso, e a companhia aérea informou o que segue:

“A Azul esclarece que, por um problema técnico, o voo AD4800 (Santos Dumont-Brasília) alternou para o aeroporto do Galeão na manhã de hoje. A companhia ressalta que o pouso e o desembarque ocorreram normalmente e que um voo de reforço foi cumprido ainda nesta manhã. A Azul lamenta eventuais aborrecimentos causados, destaca que presta toda a assistência necessária conforme previsto na resolução 400 da Anac e reforça que ações como essa são necessárias para garantir a segurança de suas operações.”

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com