Apple pode lançar serviço de assinatura e ‘aluguel’ do iPhone

A Apple está desenvolvendo um serviço de assinatura do iPhone e outros hardwares. O plano seria parecido com o que a empresa — e outras — realiza em relação a serviços digitais, só que desta vez permitindo que os usuários tenham acesso aos produtos da marca a partir de um valor pago mensalmente

A informação foi divulgada nesta quinta-feira (24) pelo repórter Mark Gurman, da Bloomberg. Apesar de revelar a informação, Gurman deixou claro que os planos da Maçã ainda não estão claros e a ideia continua sendo trabalhada internamente.

O jornalista disse que o planejamento é que o novo serviço tenha uma opção de atualização que servirá para que os assinantes recebam novidades a cada ano ou a cada dois anos. “Se um novo iPhone for lançado, você poderá trocar seu telefone por esse novo aparelho”, explicou.

iPhone 13

Gurman ressaltou, porém, que a Apple planeja que o serviço não dê o aparelho em definitivo para o cliente. Ou seja, de acordo com ele, seria mais um caso de empréstimo do que uma compra definitiva, já que o usuário teria que devolver o produto em caso de troca, por exemplo.

O repórter da Bloomberg diz que a gigante da tecnologia enxerga nessa possibilidade uma grande nova fonte de receita recorrente, já que serviços de assinaturas pagos mensalmente geram mais previsibilidade financeira para as companhias.

“Houve alguns atrasos neste projeto. É possível que o serviço seja lançado no final deste ano, senão provavelmente em 2023”, ele acrescentou.